18 setembro 2018 0 comentários

Quando falamos sobre sancas de gesso, estamos nos referindo às aberturas parecidas com molduras, usadas para a iluminação do teto. Geralmente, elas são instaladas no encontro do forro do teto com a parede. As sancas de gesso são, cada vez mais, utilizadas em diferentes projetos de decoração de casas e espaços comerciais para incrementar os ambientes com um acabamento versátil e moderno. Combinadas a uma charmosa iluminação indireta, as sancas de gesso dão um toque todo especial a qualquer lugar, tornando o ambiente mais agradável e aconchegante.

Diferenças entre sancas de gesso e forros
Sancas e forros não são sinônimos para o revestimento de tetos. Enquanto as sancas de gesso deixam o teto à vista, fazendo com que as luzes reflitam no teto e nas paredes, o forro é basicamente um rebaixamento do próprio teto. O forro de gesso é colocado a poucos centímetros de distância da parede, criando um pequeno espaço entre o teto e a parede dando a impressão de que é flutuante.

Vantagens das sancas de gesso
A decoração dos ambientes precisa levar em conta um detalhe muito importante: a iluminação. Dependendo do tipo de iluminação utilizada, os ambientes adquirem aparências totalmente diferentes. Por isso, que as sancas de gesso são tão utilizadas em quartos, salas, escritórios e em diversos outros espaços. Além de serem práticas e bastante funcionais para a decoração do teto dos ambientes, elas são opções bem econômicas. Vale lembrar que a escolha das sancas de gesso depende da finalidade e do tipo de iluminação desejada em cada espaço.